fbpx
Meninos e meninas em Burundi marcham por um futuro mais limpo.
Mais de 1.000 meninos, meninas e adultos na Tanzânia e no Burundi celebraram recentemente o Tempo da Criação marchando pelo clima.

Em Dar Es Salaam, a maior cidade da Tanzânia, 1.000 meninos e meninas de várias escolas foram às ruas pela criação.

“O objetivo principal do evento foi juntar-se ao movimento global de crianças que estão em greve ao redor do mundo em defesa da energia limpa e de uma recuperação justa”, disse Rehema Peter, que dirige a Parceria para Proteção Ambiental e Ação Climática e organizou o evento.

Rehema é membro da Geração Laudato Si’ e coordena os clubes Laudato Si’ nas escolas da região.

As crianças carregaram faixas e cartazes com mensagens inspiradoras, como “Unidos pela Natureza, Guiados pela Ciência” e “Nossa Terra é Nossa Casa Comum”.

No Burundi, o Groupe Scout Espoir de Magarama organizou uma marcha ao ar livre e um show na capital, Gitega.

O grupo procurou informar os “cidadãos de Gitega sobre a necessidade de resistir a qualquer projeto de combustíveis fósseis, convocando o novo governo do Burundi a trabalhar para uma recuperação justa da COVID-19 e apoiar a liderança jovem na ação climática”, disse Jean Claude Gahungu, o gerente de projeto do grupo.

Eles se juntaram a outros como São Francisco de Assis de Magarama, o Capítulo do Movimento Católico Global pelo Clima em Burundi, os líderes escoteiros regionais, o movimento Chiro, o Movimento Vuka da África e 350.org.