fbpx
Carlo Acutis será beatificado no sábado.
Por Antonio Caschetto
Coordenador de Programas do Movimento Católico Global pelo Clima na Itália

Uma estrada para o céu. Aparentemente, para nós que estamos comprometidos com a natureza e a criação, parece uma contradição. Quais são os pontos de contato com quem define a Eucaristia como uma estrada?

Bem, para ser sincero, há muitos pontos de contato entre o jovem Carlo Acutis, beatificado no sábado, 10 de outubro, e o Movimento Católico Mundial pelo Clima. Pontos físicos e espirituais.

Em primeiro lugar, o vínculo com a criação. Carlo adorava se refugiar na natureza, a partir de histórias e fotos que costumava ver caminhando nas montanhas, no Monte Subasio, perto de Assis.

Um lugar muito querido por todos nós, também pela presença do Eremo delle Carceri, que ainda hoje nos fala muito.

GCCM e Carlo também têm em comum o uso da Internet para comunicar o Evangelho que salva.

Carlo será proclamado “patrono da Internet”, e nosso Movimento consegue conectar, a partir de seus escritórios operacionais, várias partes do mundo graças à rede virtual.

Nosso Movimento nasceu para “tecer redes”, e Carlo o fez numa época que estava ainda no início, em que as redes sociais ainda não existiam e era uma coisa muito jovem.

E finalmente, ainda fisicamente, os caminhos dessas duas realidades se cruzaram em Assis, a cidade que ouviu um homem cantar pela primeira vez: “Laudato si ‘mi’ Signore, cum tucte le tue creature”.

O corpo do jovem Carlo repousa (por assim dizer, repousa, na realidade é mais que ativo!) no Santuário da Espoliação, lugar onde se encontra o Círculo Laudato Si’ de Assis, uma das primeiros iniciativas italianas para o cuidado da nossa casa comum.

Charles cumpriu o seu serviço aos mais pobres e é a isso que todos nós somos chamados, a começar pelos Círculos, pelos Animadores e por todas as iniciativas que realizamos no mundo, se acreditarmos nos valores da ecologia integral.

Porque no rosto de cada pobre está Jesus Cristo, ele que é o sentido mais profundo das nossas ações e motor que anima os nossos dias, única estrada, aliás único caminho, que nos conduz ao céu.